O cliente nem sempre tem a razão

O cliente nem sempre tem a razão

alamo-drafthouse

O cinema Alamo Drafthouse, localizado em Austin, Texas, colocou no Youtube um recado deixado na sua caixa postal por um de seus clientes.  Trata-se de uma mensagem mal-educada reclamando veementemente do tratamento recebido (com diversos palavrões, inclusive), já que a pessoa havia sido expulsa da sessão após usar o celular para enviar mensagens de texto.

A regra da Alamo é simples: se um consumidor falar ou enviar mensagens de texto durante a sessão, será expulso. Aliás, uma regra bem justa e que vários cinemas deveriam seguir. Quer algo mais chato do que ter alguém ao seu lado que não para de falar e que fica comentando todas as cenas do filme? Ou ter que aturar aquela luz do celular que acende e apaga diversas vezes, te tirando a atenção das telas? O vídeo rapidamente foi acessado por um número gigantesco de pessoas, passando de 2 milhões de exibições, para a versão censurada (sem palavrões),  e mais de 1 milhão para a versão completa. O que ajuda na divulgação é a forma rude e ao mesmo tempo engraçada na qual a cliente protesta contra o atendimento do cinema e o modo como a Alamo responde à reclamação. Enquanto a cliente agradece ironicamente pelo fato de terem tomado seu dinheiro e a expulsado da sessão, a empresa simplemente diz: “De nada. Obrigado por não voltar à Alamo”.

Enfim, a Alamo acertou ao espalhar a mensagem pela internet colocando seu ponto de vista de forma bem-humorada e protegendo a grande maioria de seus clientes em detrimento de alguns poucos e mal-educados. O que nos mostra, portanto, que nem sempre o cliente tem a razão.

Confiram o vídeo:

Share this post

Comment (1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 14 =